titmaniadeblogarhome

Vaidade não é um sentimento que apenas adultos experimentam: hoje em dia, as crianças estão ficando vaidosas cada vez mais cedo. Meninas por volta de 10 anos começam a querer fazer as unhas e a tirar as cutículas. Isso logo se torna uma questão de necessidade, pois elas arrancam as peles dos cantos das unhas quando estão nervosas ou ansiosas e acabam se machucando. Por causa desses ferimentos, as unhas começam a nascer deformadas e feias.

Além disso, arrancar a pele do lado das unhas abre portas para bactérias e fungos que podem até mesmo penetrar na raiz da unha, onde ela começa a se formar, e traz vários problemas. De acordo com a manicure Leandra, da Unidade Villa Lobos da Glitz Mania, fazer as unhas pode ajudar com esse problema. A pele é retirada com todo o cuidado e, com as unhas bonitas, as crianças se sentem estimuladas a não roê-las.

Porém, é muito importante que pais e profissionais tomem todo o cuidado na hora de fazer as unhas de crianças. Muitas marcas têm linhas especiais de produtos e esmaltes infantis, sem componentes alergênicos, o que evita que o produto seja prejudicial à saúde da criança. Mas existem outras medidas que devemos tomar nessas ocasiões. 

Conversamos com Leandra e com Viviane, gerente da Unidade Analia Franco e podóloga, e pedimos dicas para fazer a manicure infantil. Veja o que elas falaram:

Cuidados necessários para a manicure infantil

  • Use produtos adequados para crianças. A duração pode não ser a mesma que a dos produtos para adultos, mas a saúde das unhas da criança é mais garantida com os produtos certos.
  • Se não houver um produto infantil disponível, o ideal é utilizar esmaltes hipoalergênicos para evitar problemas futuros. Muitas marcas têm grandes linhas do tipo.
  • Não remova as cutículas! Nem mesmo adultos deveriam removê-las. Elas são a proteção da dobra ungueal e evitam a penetração de agentes agressores na raiz da unha. Removê-las só causa problemas para a saúde.
  • Mantenhas as mãos secas e as unhas limpas. Isso evita a proliferação de fungos e bactérias que podem prejudicar as unhas – e trazer outras doenças, caso a criança esfregue os olhos ou coloque a mão na boca.
  • Para evitar pequenos ferimentos, mantenha as cutículas hidratadas com creme emoliente. Isso vai deixar a cutícula mais forte e impedir que a criança consiga arrancá-la.
  • Evite usar acetona ou removedores de esmaltes. Esses produtos ressecam a pele e incentivam o surgimento de alergias.

Querer fazer as unhas é normal, mesmo entre meninas mais novas. Afinal, são tantas cores de esmalte, adesivos, pedrinhas e enfeites inovadores que sempre dá vontade de renovar o visual. Por isso, se sua filha quiser fazer as unhas, não se desespere! Mas certifique-se de que tudo será feito com a maior segurança: com alicates, lixas e palitos novos ou esterilizados, com produtos que não vão comprometer a saúde da criança e com profissionais sérios que sabem o que estão fazendo.

Passe na Glitz Mania para conhecer nossos profissionais! Eles vão saber como tratar das unhas de sua filha com todo o cuidado para deixá-la linda e saudável!